Content

Site do boletim do MST do Rio de Janeiro

File: Notícias do Rio

No dia 29 de junho, comemoramos 50 anos da vida sacerdotal do Padre Geraldo Lima na Paróquia São Miguel Arcanjo, em Miguel Couto. Cabe ressaltar que padre Geraldo tem uma importante contribuição na luta pela Terra, desde o inicio das lutas no RJ e principalmente na Baixada Fluminense. Os movimentos sociais como o MST, a […]

1 comment  » Read the rest

Em entrevista à Web Rádio Petroleira (do Sindipetro-RJ), no final de abril, o escritor e teólogo Carlos Alberto Libânio, mais conhecido como Frei beto, falou sobre diversos temas relacionados à realidade brasileira, dentre eles: reforma agrária; Agrotóxico; Agronegócio; e o Programa Fome Zero, criado pelo governo federal, em 2003.

Segundo Frei Beto, o próprio governo, pressionado pelos prefeitos, decidiu erradicar o Programa Fome Zero e colocou em seu lugar o Bolsa Família, que é um programa bom, mas é um programa de caráter compensatório. “A diferença é que, quem ingressasse no Fome Zero, em três, quatro anos estaria em condições de produzir a própria renda, sem depender mais do governo. E, quem ingressa no Bolsa Família está lá até hoje, na dependência do governo…”, explicou.

1 comment  » Read the rest

Movimentos sociais e partidos políticos reunidos na Plenária dos Movimentos Sociais realizaram neste 1o de maio um ato em lembrança ao Dia Internacional dos Trabalhadores e Trabalhadoras. Cerca de 300 pessoas marcharam na Avenida Brasil, da entrada favela da Maré até Manguinhos. O objetivo este ano foi chamar a atenção para o processo de escalada da violência do Estado, operada sobretudo dentro das favelas pelas Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs). O exército também tem contribuído com o quadro desde de que 1500 soldados invadiram a favela da Maré no início de abril.

Tagged:

1 comment  » Read the rest

Funcionários da prefeitura oferecem como proposta um cadastro como este da foto. Nele, o declarante é obrigado a dizer que ocupou o “prédio da empresa de telefonia Oi”, e recebe uma garantia vaga de algum dia, receber uma moradia. O relato do atendimento chega a ser cômico. do Boletim do MST-RJ – Onde você mora? […]

 » Read the rest

Entrevista hoje, por volta de 9:00h, em frente à prefeitura, debaixo de muita chuva, com 5 moradores da favela da Telerj. É impossível conversar com uma pessoa, todo mundo quer falar. do Boletim do MST-RJ – Carro de som: Alguém acredita nessa prefeitura gente? – Não! – Carro de som: O que eles fizeram com […]

 » Read the rest

Acampados em frente à prefeitura desde a última sexta-feira, quando foram violentamente removidos da favela da Telerj, Sem Teto estão sobrevivendo como podem: “O que temos hoje aqui são as doações. Nem o banheiro químico deixaram botar”, conta Perla, uma das lideranças da ocupação.

Perguntada sobre como foi a desocupação, Perla indaga: “O massacre? Foi horrível. Eles chegaram destruindo tudo, sem direito a dialogar, sem conversa, não deixaram a gente tirar as crianças, os pertences. Perdemos tudo. Um dia antes, eles prometeram que ia ter o Ministério Público, assistente social, direitos humanos, conselho tutelar, mas não teve nada disso. O choque já veio, com tiro porrada e bomba. Quebrou com retroescavadeira por trás, e cercaram pela frente.

1 comment  » Read the rest

Pesquisa pretende revelar empresas que se beneficiaram de ilegalmente durante a ditadura civil-militar no Brasil do Boletim do MST-RJ Investigar a atuação dos grandes grupos econômicos durante o regime ditatorial no brasileiro e suas continuidades até o presente. Este é o objetivo central do Coletivo Mais Verdade, que realizou ontem (27) no Salão Nobre do […]

 » Read the rest

Dia Internacional de Luta das Mulheres é celebrado pelas mulheres nas ruas da Lapa com um arrastão carnavalesco. Mulheres do MST recebem homenagem do grupo Samba Brilha.  por Alan Tygel e Vanessa Ramos, do MST Mais do que lembrar o Dia Internacional das Mulheres, o 8 de março foi marcado por representações de força e luta. […]

 » Read the rest

Na última quarta-feira, dia 19 de fevereiro, recebemos no SINDIPETRO/RJ o dirigente do birô político da Frente Popular pela Libertação da Palestina – FPLP – Marwan Abdel Al, para um importante debate sobre a Palestina e a situação no Oriente Médio. O evento foi organizado pelo MST, Esquerda Socialista e PCB, e contou com o apoio dos militantes do Comitê de Solidariedade à Luta do povo palestino do RJ.

O debate transcorreu em um clima de camaradagem e de um forte interesse em ampliar o entendimento sobre os fatos reais que estão acontecendo no Mundo Árabe e sua relação com a causa Palestina. No final, os presentes reafirmaram seu compromisso de seguir apoiando a causa árabe e palestina, fortalecendo a tarefa internacionalista de esclarecer os acontecimentos contra a imprensa corporativa que insiste em reproduzir as mentiras do imperialismo/sionismo cujo principal discurso é a defesa da democracia e dos direitos humanos, quando sabemos que por trás deste escudo está a destruição dos Estados e das condições mínimas de sobrevivência dos povos, visando a dominação econômica, política e militar.

Tagged: »

1 comment  » Read the rest

Não se assuste se você ouvir a marcha “Máscara negra”, do genial Zé Kéti, com uma nova roupagem neste carnaval. Pois é tempo de brincar, pular, namorar e, por que não?, de manter o ritmo da crítica política. As jornadas de junho e os protestos que vieram em seguida mudaram o tom da maior festa brasileira. E, no Rio de Janeiro, a banda vai tocar assim: “Quanto tiro, ó, quanta polícia/a tropa de choque em ação/ditador de helicóptero/ e, no meio da cidade,/ um monte de caveirão”. Blocos já estão organizados para levar seu recado às ruas com temas que variam de denúncias das remoções de famílias até o aumento da tarifa dos transportes públicos, passando pela truculência policial e os impactos negativos dos megaeventos.

As paródias das tradicionais marchinhas foram criadas pela reunião de pessoas de diversos blocos da cidade, em um movimento que ganhou o nome de “Ocupa Carnaval”, com o objetivo de utilizar a irreverência como mais um braço da luta por direitos na cidade do Rio de Janeiro. . Desde meados de janeiro, o grupo vem se encontrando e criando novas letras. A primeira saída oficial acontece exatamente nesta quinta-feira pré-carnavalesca (26/2), data que marcaria a saída do governador Sérgio Cabral. O governador adiou mais uma vez e o vice, Luiz Fernando Pezão, só deverá assumir em 3 de abril. Mas o evento permanece marcado, intitulado “Cabralhada”.

Tagged:

1 comment  » Read the rest