Content

Site do boletim do MST do Rio de Janeiro

Sede do INCRA é ocupada pelo MST no Rio

segunda-feira 16 Abril 2012 - Filed under Notícias do MST Rio

por Alan Tygel

16/04/2012
14:00h

Cerca de 300 militantes do MST ocupam neste momento a sede do Incra, na Avenida Presidente Vargas. Outras famílias foram impedidas de entrar, e montam um acampamento na entrada do prédio. Um comissão está em reunião com a superintendência do INCRA, analisando a situação de cada área do estado.

A ocupação faz parte da  Jornada de Lutas de Abril, que vem denunciar os 16 anos do massacre de Eldorado dos Carajás. O movimento ocupa prédios públicos em todo o Brasil, e o Ministério do Desenvolvimento Agrário, em Brasília.

No Rio de Janeiro, a principal reivindicação é o assentamento das famílias acampadas, e a melhoria no assentamentos já existentes. O movimento denuncia que há cinco anos, nenhuma família é assentada no estado. Existem acampamentos com mais de 10 anos de existência, com famílias resistindo debaixo da lona preta. Além disso, o INCRA vem reduzindo o número de vistorias, necessárias para iniciar o processo de desapropriação.

A assistência técnica também é um dos problemas apontados pelo movimento, segundo Amanda Matheus, da direção estadual. Ela diz que diversos assentamento ainda vivem como acampamentos, sem infraestrutura básica de água e energia elétrica.

O acampamento segue até amanhã, quando o movimento convida para um ato no Judiciário, às 10:00h, pela punição dos culpados pelo massacre de Eldorado dos Carajás. O Judiciário fica na Avenida Presidente Antônio Carlos, 114.

Tagged: »

2012-04-16  »  alantygel

Talkback

  1. Vírus Planetário – Militantes do MST seguem ocupando o INCRA esta noite no Rio de Janeiro
    16 Abril 2012 @ 23:54

    […] Sede do INCRA é ocupada pelo MST no Rio […]

Share your thoughts

Re: Sede do INCRA é ocupada pelo MST no Rio







Tags you can use (optional):
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>