Content

Site do boletim do MST do Rio de Janeiro

Boletim 56

sexta-feira 28 Fevereiro 2014 - Filed under Boletins

Caso não consiga visualiza o boletim corretamente, acesse http://boletimmstrj.mst.org.br/boletim56Boletim do MST RJ – N. 56 – Fevereiro de 2014

Notícias do MST Rio

 

Depois de 8 anos, Justiça concede assentamento ao MST no RJ

Depois de três anos e meio de muita luta e sofrimento, as 78 famílias do acampamento Osvaldo de Oliveira, em Macaé, poderão passar seu primeiro carnaval sem medo de mais um despejo. Ontem, dia 27 de fevereiro de 2014, o Juiz Eduardo Aidê Bueno de Camargo assinou a imissão da posse da Fazenda Bom Jardim, e com isso poderá ser iniciado o processo de assentamento das famílias. No dia 1o de setembro de 2010, a área já havia sido declarada de interesse social por um decreto assinado pelo ex-presidente Lula, e desde 2012 o INCRA já havia determinado a desapropriação. Desde 2007 não acontecia um assentamento em áreas do MST no estado do Rio de Janeiro.

Comprovando a tese de que a reforma agrária no Brasil só acontece através da luta, os acampados e acampadas do Osvaldo de Oliveira tiveram de ser muito persistentes para alcançar a conquista da terra. O acampamento passou por 4 despejos, sendo um deles muito violento. As 300 famílias que ocuparam a fazenda sofreram um revés 3 meses depois da ação. Policiais deram 30 minutos para que as famílias saíssem, e queimaram todos os barracos em seguida, ainda com pertences dentro. Todos os Sem Terra, incluindo mulheres e crianças, dormiram ao relento até serem acolhidos pela igreja local.

Leia mais…

Notícias do MST Rio

Um carnaval pelo direito à cidade

Não se assuste se você ouvir a marcha “Máscara negra”, do genial Zé Kéti, com uma nova roupagem neste carnaval. Pois é tempo de brincar, pular, namorar e, por que não?, de manter o ritmo da crítica política. As jornadas de junho e os protestos que vieram em seguida mudaram o tom da maior festa brasileira. E, no Rio de Janeiro, a banda vai tocar assim: “Quanto tiro, ó, quanta polícia/a tropa de choque em ação/ditador de helicóptero/ e, no meio da cidade,/ um monte de caveirão”. Blocos já estão organizados para levar seu recado às ruas com temas que variam de denúncias das remoções de famílias até o aumento da tarifa dos transportes públicos, passando pela truculência policial e os impactos negativos dos megaeventos.

As paródias das tradicionais marchinhas foram criadas pela reunião de pessoas de diversos blocos da cidade, em um movimento que ganhou o nome de “Ocupa Carnaval”, com o objetivo de utilizar a irreverência como mais um braço da luta por direitos na cidade do Rio de Janeiro. . Desde meados de janeiro, o grupo vem se encontrando e criando novas letras. A primeira saída oficial acontece exatamente nesta quinta-feira pré-carnavalesca (26/2), data que marcaria a saída do governador Sérgio Cabral. O governador adiou mais uma vez e o vice, Luiz Fernando Pezão, só deverá assumir em 3 de abril. Mas o evento permanece marcado, intitulado “Cabralhada”.

Leia mais…

Venezuela: embate entre opositores e defensores de Maduro no Rio

Promover um ato para criticar o presidente da Venezuela Nicolás Maduro. Esse era o objetivo de aproximadamente 15 pessoas que se encontraram em frente ao consulado, na Avenida Presidente Vargas, na tarde desta terça-feira (25). Mas o objetivo fracassou. Cerca de 200 brasileiros, de diferentes partidos e organizações, se reuniram no mesmo local com outra finalidade: apoiar e defender as profundas mudanças que vêm acontecendo naquele país.

Uma das defensoras do governo Maduro era a historiadora Anita Prestes, filha do militante Luis Carlos Prestes (1898-1990). “A solidariedade internacional é fundamental porque a luta da Venezuela é uma luta de toda a América Latina. Se o processo revolucionário de lá for derrotado, será uma derrota para todos nós. Além disso, a situação de todas as pessoas do continente vai piorar muito”, destacou Anita.

Leia mais…

“Lutamos por uma palestina laica, democrática para todos os povos que lá vivem”

Na última quarta-feira, dia 19 de fevereiro,  recebemos no SINDIPETRO/RJ  o dirigente do birô político da Frente Popular pela Libertação da Palestina – FPLP – Marwan Abdel Al, para um importante debate sobre a Palestina e a situação no Oriente Médio. O evento  foi organizado pelo MST, Esquerda Socialista e PCB, e contou com o apoio dos militantes do Comitê de Solidariedade à Luta do povo palestino do RJ.

O debate transcorreu em um clima de camaradagem e de um forte interesse em ampliar o entendimento sobre os fatos reais  que estão acontecendo no Mundo Árabe e sua relação com a causa Palestina. No final, os presentes reafirmaram seu compromisso de seguir apoiando a causa árabe e  palestina,  fortalecendo a tarefa internacionalista de esclarecer os acontecimentos contra a imprensa corporativa que insiste em reproduzir as  mentiras do imperialismo/sionismo cujo principal  discurso é a defesa da  democracia e dos direitos humanos, quando sabemos que por trás deste escudo está a  destruição dos Estados e das condições mínimas de sobrevivência dos povos, visando  a dominação econômica, política e militar.

Leia mais…

VI Congresso do MST

Veja fotos do Congresso

TV Memória Latina – Especial MST 30 anos, um Movimento Internacional

O MST rompeu as fronteiras do Brasil e se tornou referência para as organizações e movimentos sociais de todo o mundo. Veja o vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=UUwQo5AJyOk

mst-secoes_expediente

Boletim MST Rio

2014-02-28  »  alantygel

Share your thoughts

Re: Boletim 56







Tags you can use (optional):
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>