Content

Site do boletim do MST do Rio de Janeiro

Boletim 60

sábado 14 Fevereiro 2015 - Filed under Sem categoria

Caso não consiga visualiza o boletim corretamente, acesse http://boletimmstrj.mst.org.br/boletim60Boletim do MST RJ – N. 60 – ESPECIAL – 13 de Fevereiro de 2015

Ato em defesa da Petrobrás e do Brasil vai reunir artistas e intelectuais, dia 24, no Rio

Devido à gravidade que afeta o país e a classe trabalhadora, desde que a Petrobrás passou a ser atacada por setores da sociedade que se opõe ao governo e, que apoiados pela mídia golpista, ameaçam o Brasil com a desestabilização da ordem democrática, a FUP junto a CUT, realizará um grande ato que dará inicio à campanha em defesa da Petrobrás e do Brasil.

O ato será no dia 24 de fevereiro, na Associação Brasileira de Imprensa (ABI), onde será lançado o manifesto em Defesa da Petrobrás e do Brasil, com a presença de movimentos sociais, sindicais, artistas e intelectuais que, na atual conjuntura, mais uma vez vão se unir para defender o interesse de milhões de trabalhadores brasileiros.

A Petrobrás é nossa, pertence ao povo brasileiro. Foi conquistada na luta e será defendida na luta. Jamais aceitaremos sua privatização. Seus recursos devem ser aplicados no desenvolvimento do país, em especial na educação. Corrupção se combate com Reforma Política e esta se faz através de uma Constituinte Exclusiva e Soberana em relação ao poder econômico, aos partidos e ao governo. Todos à luta!

Leia mais…

Petroleiros de todo país realizam paralisação de 24 horas pela vida

A categoria petroleira de todo país está de luto e em luta pela vida. Durante 24 horas vão se mobilizar para mostrar sua insatisfação com as mortes que estão acontecendo no sistema Petrobrás, em especial a que vitimou cinco trabalhadores que estavam a bordo do FPSP São Matheus, no Espírito Santo.

Na Bacia de Campos, acontece uma paralisação de PT por 24 horas. A zero hora de hoje, 13, algumas plataformas deflagraram o movimento e outras estão realizando assembleias de adesão agora pela manhã.

Leia mais…

Manifesto do Sindipetro-NF: Tragédia no ES expõe terceirização assassina

Mais uma vez o setor petróleo expõe de modo trágico as consequencias de opções gerenciais equivocadas. A explosão do FPSO Cidade de São Mateus, na costa do Espírito Santo, no último dia 11, que deixou mortos, feridos e desaparecidos, é a evidência dos riscos da acentuação de uma política de terceirização e de descaso com a vida dos trabalhadores.

O Sindipetro-NF tem denunciado recorrentemente o crescimento da terceirização na Petrobrás. Mesmo com o crescimento da contratação direta da mão de obra, com a retomada recente dos concursos públicos para a empresa, a relação entre próprios e terceirizados ainda é alarmante: são cerca de 86 mil empregados diretos da Petrobrás, para aproximadamente 300 mil indiretos.

Somado a isso, a política de afretamento, quando a Petrobrás contrata um navio e toda uma tripulação para operar em seu lugar na atividade fim (produção de óleo e gás), e mantém, quando muito, um empregado próprio na fiscalização, foi crescente nos últimos anos e o Sindipetro-NF tem informações de que a empresa tem planos de ampliá-la também na Bacia de Campos — substituindo plataformas próprias por navios afretados.

Leia mais…

2015-02-14  »  alantygel

Share your thoughts

Re: Boletim 60







Tags you can use (optional):
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>