Content

Site do boletim do MST do Rio de Janeiro

Bosques Marielle Franco plantam árvores e resistência no Rio de Janeiro

quinta-feira 1 abril 2021 - Filed under Campanha de Plantio de Arvores + Direitos Humanos + Mulheres + Notícias do MST Rio

Plantio de árvores cobrou respostas pelo assassinato de Marielle Franco em todo Brasil. (Foto: Pablo Vergara)

Há 3 anos o legado da vereadora Marielle Franco inspira as lutas populares no Brasil e pelo mundo afora. Exigimos Justiça pelo seu brutal assassinato e do motorista Anderson Gomes, quem mandou matar Marielle e Anderson e por quê? 

Ao longo do mês de março, como parte da Jornada de Luta das Mulheres Sem Terra em 2021, o MST plantou árvores em homenagem à vereadora. Os Bosques Marielle Franco no Rio de Janeiro foram construídos a muitas mãos em diversos espaços, Assentamentos e Acampamentos com apoio da Justiça Global, Sindicato dos Servidores do Judiciário Federal no Rio de Janeiro (SISEJUFE), Mutirão Bem Viver e Campanha Nós por Nós.

Foram plantadas 15 mudas de árvores no Aterro do Cocotá, Ilha do Governador. (Foto: Pablo Vergara)

No Aterro do Cocotá, na Ilha do Governador (RJ), inauguramos o Bosque Marielle no dia 14 de março celebrando sua memória com esperança de que suas sementes continuem florescendo. Todas as ações foram realizadas conforme as normas sanitárias, no ar livre, com distanciamento e uso de máscara.

Inauguração do Bosque na Unidade Pedagógica de Agroecologia. (Foto: Alexandre Pinto)

Na Unidade Pedagógica de Agroecologia do Acampamento Edson Nogueira, em Macaé, uma roda de conversa relembrou a vida de Marielle Franco e sua trajetória como defensora dos Direitos Humanos. Na parte da tarde, o plantio de árvores foi realizado na frente da escola. Foram plantadas mudas de acerola, jaca, cajá, graviola, coco, mamão e cana. Abacate, manga, cana e plantas ornamentais também compõem o Bosque. O Assentamento PDS Osvaldo de Oliveira, também em Macaé, plantou mais 20 árvores.

Juventude e trabalhadores Sem Terra no Dandara dos Palmares construíram o Bosque. (Foto: Coletivo de Comunicação MST-RJ)

Ipê, abacate, laranja, limão, romã e café fazem parte do Bosque Marielle Franco construído no Assentamento Dandara dos Palmares, em Campos dos Goytacazes. Participaram da inauguração a Comissão Pastoral da Terra (CPT) e Sindipeteo NF, com o coletivo de saúde.

Bosque Marielle Franco no Assentamento Irmã Dorothy vai reflorestar o entorno da cachoeira. (Foto: Coletivo de Comunicação MST-RJ)

Com muita alegria e espírito de luta, os trabalhadores rurais Sem Terra do Sul Fluminense juntamente com o CRAS iniciaram a construção do Bosque Marielle Franco na área ao redor da cachoeira no Assentamento Irmã Dorothy, em Quatis. Foram plantadas mudas ipês, arueiras e árvores frutíferas. O projeto vai reflorestar toda margem da cachoeira, e transformar em um exuberante Bosque para que toda comunidade desfrute da área de lazer. O Assentamento Terra da Paz, em Piraí, e Maricá também vão construir Bosques Marielle Franco.

2021-04-01  »  Clivia Mesquita

Share your thoughts

Re: Bosques Marielle Franco plantam árvores e resistência no Rio de Janeiro







Tags you can use (optional):
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>