Content

Site do boletim do MST do Rio de Janeiro

NOTA DO MST RJ SOBRE A DESAPROPRIAÇÃO DA CAMBAHYBA

quarta-feira 2 junho 2021 - Filed under Fazenda Cambahyba + MST Sudeste + Notícias do MST Rio

Foi com alegria que recebemos a notícia da decisão pela imissão de posse da Cia Usina Cambahyba. Foram mais de 21 anos lutando pela desapropriação dessas terras que marcam a história de Campos mas também a história do país.

Em nenhum momento tínhamos dúvidas de que se tratava de um latifúndio improdutivo marcado pela exploração do trabalho, impactos ambientais e comprometimento com a ditadura empresarial-militar que manchou nossa história.

Lutamos pela desapropriação, enfrentamos constantemente ações de reintegração de posse, violentas, como a que ocorreu onde seu Antônio, grande guerreiro, foi arrastado pela polícia.

A história da Usina Cambahyba expressa a formação da grande propriedade no Brasil. É uma história de violência, mas de resistência dos trabalhadores e trabalhadoras.

Nas terras da Cambahyba muitos tombaram na luta pela terra. Seus sulcos são atravessados pelo sangue dos trabalhadores. Dentre eles, Cícero Guedes, grande liderança, que nunca desistiu de de lutar pela Cambahyba, pela reforma agrária e por uma sociedade justa!

Por isso, nós, trabalhadores e trabalhadoras do MST/RJ, não abandonamos nunca a luta pela Cambahyba, porque é nossa história, é nossa resistência, é a nossa capacidade de irresignação diante da injustiça do latifúndio, é pela memória dos lutadores e lutadoras, como Cícero, Neli, Seu Antonio que nos legaram sementes que reafirmamos:

A Cambahyba é nossa, é d@s trabalhador@s sem terra que romperam as cercas e construirão uma nova história nas terras da Cambahyba!

REFORMA AGRÁRIA JÁ!!!

Rio de janeiro, 01 de junho de 2021

2021-06-02  »  pablo

Share your thoughts

Re: NOTA DO MST RJ SOBRE A DESAPROPRIAÇÃO DA CAMBAHYBA







Tags you can use (optional):
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>